3 Mentiras Sobre SEO Que Você Não Sabia

Spread the love

A maioria das pessoas acha que para conhecer o que é mito ou verdade no que se refere à otimização de site para mecanismos de busca (SEO), você tem que ficar horas e horas aplicando as estratégias erradas até descobrir que elas não funcionam, e saiba que tem muitas coisas que você mesmo deve ter feito errado sem saber.

3 Simples Mentiras Sobre SEO Que Você Não Sabia

Na verdade, muitas pessoas que não querem ver o seu sucesso estão orando pra você nunca saber as técnicas que irá lhe fazer começar a conhecer o que é mito ou verdade no que se refere SEO.

Todo Empreendedor Digital que trabalha com blog usando Marketing de Conteúdo quer conhecer o que é verdade e mentira e as técnicas corretas no que se refere à otimização do seu blog para mecanismos de busca (SEO) e isso é um fato! Nesse artigo, eu lhe falarei sobre as 3 mentiras sobre SEO que muitos lhe escondem e que você provavelmente não sabia e que irão orientar você e qualquer Empreendedor Digital que trabalha com blog usando Marketing de Conteúdo que precisa de ajuda otimização dos seus blogs!

1: Tentar Links de Sites Sem Relevância

Essa é a mentira campeã. O que a gente ver aos montes por ai, são pessoas querendo troca de links, Backlink, guestposts em tudo o quanto é site por ai. (MITO). Isso não funciona.

Mas ai você me questiona: mas Marcelo eu terei links apontando para o meu site, isso é fator de relevância para o Google. De fato é verdade, mas desde que os sites que esteja apontando para o seu, seja relevante pra o Google, ou seja, um site que tem um baixo rankeamento, não é bem otimizado, e não é devidamente reconhecido no Google e ter links apontando para seu site, não é uma vantagem, é uma desvantagem.

Conrado Adolpho e a sua antiga empresa a Publiweb já foram beneficiados com esse algoritmo, mas depois da nova atualização do Google, a empresa perdeu muito rankeamento por causa disso.

Portanto, se for querer fazer guestposts, Backlinks, e etc, procure sites relevantes, faça uma pesquisa no Google e veja quais sites estão ali nas 15 primeiras posições, esses sim são relevantes para Backlink para seu site.

2: Usar Agregadores de Link

Os agregadores de links já são por natureza punidos pelo Google, eles conseguem se ranquear, mas não passa relevância para os sites que estão lá.

É fato de que o tráfego aparece, mas com um preço muito alto, vejamos:

O tráfego vem desqualificado, com isso a pessoa não vai gostar do sei site e vai sair dele rapidamente, aumentando assim a sua taxa de rejeição;

O Google não gosta de agregadores de links e vai punir os sites que tem os links de artigos agregados lá;

Seu tráfego orgânico será roubado por ele, devido o agregador ter um pagerank elevado, nas pesquisas pela sua palavra chave, ele vai ficar na frente do seu blog, o que não é boa coisa para você.

Resumindo, agregadores de links não ajudam em longo prazo, mas em curto prazo, até que ainda vai, mas a um preço muito alto, a sua perda de relevância para o Google.

3: Encher o Artigo de Palavras-Chaves

O Google não é bobo e verifica quando você está fazendo algo improprio para conseguir rankeamento. Veja um Exemplo:

Encher artigos com palavras-chave ou muitos números resulta em uma experiência muito ruim para o site e pode (com certeza) prejudicar a classificação do site para mecanismos de busca. O foco do seu artigo deve ser sempre criar um conteúdo relevante e útil, completo de informações de qualidade e que utilize palavras-chave apropriadas e dentro do contexto do que se está falando no artigo.

Além dessas mencionadas ainda existem muitas outras mentiras que pessoas contam que acabam com o SEO do seu site.

Isso representa apenas um resumo do que blogueiros internet marketers precisam quando se trata de SEO. Com as consequências de ignorar estas dicas, que varia de semanas de esforço desperdiçado com coisas que não funcionam e ainda pode lhe prejudicar. Tome seu tempo de estudo para se informar sobre os métodos adequados para obter conhecimento sobre o que é mito ou verdade no que se refere à otimização do site para mecanismos de busca (SEO).

How useful was this post?

Click on a star to rate it!

Average rating / 5. Vote count:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *